O futuro chegou e não é nada parecido com o esperado

O futuro chegou e não é nada parecido com o esperado

O futuro chegou e não é nada parecido com o esperado

O futuro chegou e ele não é nada parecido com o que um dia foi imaginado. Quem diria que além de não temos carros voadores, maquinas do tempo e viagens intergalácticas, e muito pior do que todos esses frutos das ideias futuristas do passado, entraríamos numa era de retrocesso humano em diversos níveis sociais e culturais?

A década de 2000 se iniciou com atentados terroristas, guerras e tensões políticas que vem se estendendo e piorando (de uma forma ou outra até agora). Ideais ultranacionalistas ressurgindo de forma preocupante pelo mundo, o terror e loucura de certos governantes na sua luxuria insana fecham as portas da comunicação daquela tão sonhada era da paz e harmonia.

Mais especificamente no Brasil estamos vivendo uma onda de crises, políticas, econômicas e sociais que beiram ao horror.

A paixão partidária da população num geral afeta o sentido de unidade e ferem gravemente a possibilidade de melhora no âmbito político-social do país. O fato de as diversas manifestações serem totalmente descentradas, polarizadas e focadas nos interesses particulares de certas classes ou grupos sociais, e que diante de escândalos que prioritariamente ferem o outro grupo ou classe, se calam e fazem um jogo de sátira e violenta gozação sem perceber que estão simplesmente defecando no próprio prato.

O fato de muitos cidadãos terem como argumento coisas como, não fui eu quem colocou ele (eles, ela, e afins), para culpar outros e tirar o seu da reta dessa época de crise, mostra o quão unido e preparado estão para lutar contra a corrupção, além do mais negarem ou taparem os olhos para a corrupção dos partidos e políticos de preferência são só mais indícios da falta de preparo, consciência e afins.

A falta de empatia é outro fator fortemente presente. E se apresenta da pior forma possível, com violência e descrença. Ataques a pessoas mulheres, pessoas com opção sexual diferente da sua, etnia diferente se mostram cada vez mais frequentes, assim como grupos que dizem seguir ideologias de supremacia presentes fortemente no sul do país e outras localidades. E ao negarem a existência desses grupos e dessa violência, abre-se ainda mais espaço para que essa situação continue e se agrave.

Não apenas o futuro não chegou, como a crescente onda de ideais e pensamentos retrógrados e perigosos tem tomado lugar nas ruas novamente. Não apenas no Brasil como citado anteriormente, mas também nos EUA, o que tem tirado muito o sono de muitos ao redor do mundo, que nervoso diante de tantas tensões políticas ocorrendo, teme-se que esses grupos adquiram poder, não apenas armamentista, mas principalmente ideológico.

Essas tensões também têm tirado o seu sono? Deixe um comentário com sua opinião sobre esse milênio jovem e turbulento no qual vivemos.

 

Fonte http://www.resilienciamental.com.br

Recomendado para você ...................................................................................................................................................................................................................................................
Energia que Rege

Energia que Rege

Nossa missão é levar a reflexão para as pessoas sobre o sentido da vida, com os mais variados temas e assim possibilitando o seu crescimento pessoal.
Energia que Rege