5 curiosidades sobre o primeiro amor

5 curiosidades sobre o primeiro amor

 

É aquela fase, sabe? Uns 15, 16 anos, os hormônios estão à flor da pele… É o momento de passar por novas experiências e conhecer melhor o mundo a sua volta. Mas aí acontece aquele momento da atração. Os dois trocam olhares, desconcertados, com uma risada de vergonha por fora, mas por dentro ambos esperam estar mais próximos um do outro.

Mesmo com aquele friozinho na barriga os dois sentem a atração mútua. E é aí que surge o primeiro amor. Todas essas sensações são comuns quando a gente encontra aquela paixão que nos deixa bobinhos. Todo mundo gosta de lembrar do seu primeiro romance. E algumas situações até engraçadas são guardadas por muitos que gostam de lembrar dessa época marcante.

A alegria é geral

Sentir-se apaixonado é ótimo. E perceber que o sentimento é recíproco é melhor ainda! Tanto você que está vivendo essa fase, quanto quem é pai ou mãe de um filho ou filha que está passando por isso entende: esse momento é marcante na vida de alguém. Por isso, é bom viver o máximo possível desse tempo, com sabedoria e sem medo de errar. Grande parte dessas alegrias do primeiro namoro dão mais segurança e tranquilidade.

Os medos

No primeiro amor, os dois precisam aprender a lidar com muitas situações às quais eles não estão acostumados a passar na vida. Afinal, esse momento é sinônimo de descobertas. O medo de saber a hora de calar, de falar a verdade, o medo de perder o interesse. Embora pareçam situações simples para quem vê o caso de fora, quem passa por isso pela primeira vez sente serem momentos chocantes e, ao mesmo tempo, prazerosos.

Você aprende a se conhecer

E isso é verdade mesmo! Tanto é que as pessoas de fora da relação ainda dizem que ficamos “bobos” demais um pelo outro. Contudo, o primeiro romance é uma ótima fase para os namorados conhecerem melhor seus parceiros. E também conhecerem melhor a si mesmos. Muitas coisas da nossa vida só nos são percebidas quando estamos nos relacionando com alguém, ainda mais num namoro. Por isso, conheça e se deixe conhecer.

Desejos

Estar sempre próximo, apresentar a primeira conquista à família e aos amigos. Desejar e dar atenção são comportamentos percebidos na primeira relação e isso é normal. O bom é não exagerar e fazer tudo na medida correta, respeitando a vontade da outra pessoa.

A gente amadurece

Mesmo permanecendo no namoro ou saindo dele, uma coisa é certa: a gente muda. Essa fase muda completamente nossa vida. E tanto os parceiros quanto os pais podem ajudar a tornar esse momento algo produtivo para a vida. Mesmo que a pessoa não mude para sempre, ela não será mais quem era antes do primeiro amor.

No fim, todo mundo aprende com o primeiro namoro. E parando pra pensar, a gente percebe que isso é algo tão sadio e comum que quanto mais se aproveita, melhor será no futuro. Mesmo que seja um amor platônico. Afinal, todo mundo anseia em trocar o status de relacionamento do Facebook em algum momento.

Recomendado para você ...................................................................................................................................................................................................................................................
Jordânia Wurdige

Jordânia Wurdige

Uma menina de 22 anos, apaixonada por livros, musicas, boas risadas e viagens inspiradoras. Acredito no processo de auto conhecimento que é a vida. Indo sempre em busca da realização pessoal para deixar cada vez mais leve a caminhada.
Jordânia Wurdige